Vodafone Paredes de Coura |4º Dia|




Esta edição do mítico festival Vodafone Paredes de Coura está perto do seu fim. Uma edição histórica devido ao recorde de bilheteira, que será difícil superar ou sequer igualar. As bandas/projetos que destacamos deste dia são:

Woods, banda americana que trará a Paredes de Coura o seu mais recente álbum: With Lights and With Love, álbum que espelha a sonoridade folk e psicadélica que só é potencializada pela calma voz de Jeremy Earl.





Sylvan Esso, duo americano composto por Amelia Meth, que se responsabiliza pela parte cantada das canções e Nick Sanborn, responsável por todo o instrumental. Apesar de já terem uma fan base algo sólida, foi muito recentemente que os Sylvan Esso editaram o seu álbum homónimo de estreia.






Temples, banda britânica formada em 2012, que chega ao Vodafone Paredes de Coura com o seu álbum de estreia Sun Structures, editado em fevereiro de 2014. São um dos maiores nomes do revivalismo psicadélico atual, ao qual juntam uma abordagem pop, com algumas semelhanças aos clássicos Beatles.






Fuzz, são uma das bandas mais esperadas neste festival, devido ao seu garage-punk, com uma abordagem muito "fuzzy". Será, seguramente, um energético concerto desta banda que tem em Ty Segall, aqui como baterista, o seu elemento mais célebre.






Lykke Li, chega-nos da Suécia  com o seu indie pop para nos presentear com um concerto fora da sua rotina, isto é, fora de uma tour. A artista passará apenas no mítico Coachella e no também mítico Vodafone Paredes de Coura.






Ratatat, são a dupla de música eletrónica de Nova Iorque, que encerra o Palco Vodafone desta edição do Festival Paredes de Coura. AMike Stroud e Evan Mast tocam guitarra, e baixo e sintetizadores, respetivamente, perfazendo esta dupla eletrizante.





Textos: Eduardo Antunes

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.