Artigos Glass Journal

|Album Reviews|

Allah-Las - Calico Review

 7,5/10 





Álbum novo, sonoridade nova. Depois do excelente álbum do búzio, trazido até nós em 2012, e do Worship The Sun, dois anos depois, a banda californiana traz-nos Calico Review

Após ouvir as faixas iniciais do álbum, percebi que o álbum veio tarde, o tempo de ir para a praia já passou. Aliás, os anos sessenta já passaram. Talvez seja arriscado dizer, mas é todo um álbum a rondar uma sonoridade com grandes influências tanto de Beach Boys como de Beatles.

O álbum começa com “Strange Heat”, “Satisfied” e “Could Be You”, três faixas que nos levam a dar uma volta no submarino amarelo, e quando acordamos desta boa viagem, no solo da “High And Dry”, já estamos no fundo do mar. Com “Mausoleum” o espírito é outro. Nesta faixa, já o calor derretia a voz de Miles Machaud, que é o papel principal de toda esta obra, que claro, tem ajuda de duas guitarras que falam através de riffs vibrantes, porém secos, a soar a acústico.

O verdadeiro coração de toda esta obra, vem com “Autumn Dawn” e “Famous Phone Figure” que na minha opinião, para além de melhores músicas do álbum, são as que melhor o identificam, “Autumn Dawn” aparece-nos de surpresa com uma voz amorosa depois de uma música que pouca revelância tem e “Famous Phone Figure” apesar de uma paragem no ritmo continua com o mesmo estilo, um blues experimental que veio para nos aquecer.

“200 South La brea” e “Terra Ignota” revelam-se pelas belas guitarradas que em nada nos são indiferentes, e que com a adição de voz ficam levemente a dar-nos mimos. O álbum acaba com um lugar ao sol, uma voz doce e calma que parece já estar a despedir-se, e que de facto, despede-se pois, pela lógica, já só voltam daqui a dois anos.

Típica sonoridade de Allah-las que acaba sempre por nos seduzir devido à sua faceta que gosta de olhar para o século passado e incutir essas visões nas suas obras. E no álbum em específico, mostram uma fusão de liberdade e prazer.


Músicas a ouvir: “Autumn Dawn”, “Strange Heat”, “Could Be You” e “Famous Phone Figure"

Texto por: Pedro Simões

Sem comentários:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Com tecnologia do Blogger.