Melhores Álbuns Nacionais de 2018


O fim do ano aproxima-se e, com ele, também a rotina anual das listas do que melhor se fez na música. Portugal teve um ano prolífero e, por isso, desta vez são 20 os álbuns que destacamos, numa ordem que de objetivo não tem muito. Mas a arte faz-se de uma análise subjetiva, e o interesse desse exercício é mesmo esse. Portanto, aqui fica esta lista de foco em Portugal, aquela que é a primeira das listas da List Week - 2018.


20. Flak - Cidade Fantástica

A ouvir: "Ao Sol da Manhã"


19. Whales - Whales

A ouvir: "Ghost"



18. Linda Martini - Linda Martini

A ouvir: "Caretano"



17. Joana Espadinha - O Material Tem Sempre Razão

A ouvir: "Pensa Bem"



16. Birds Are Indie - Local Affairs

A ouvir: "Messing With Your Mind"



15. Cave Story - Punk Academics

A ouvir: "Modern Face"



14. Selma Uamusse - Mati

A ouvir: "Ngono Utane Vuna Kudima"


13. Norberto Lobo - Estrela

A ouvir: "Escabeche de Ternura"


12. Lince - Hold To Gold

A ouvir: "What Do You Wanna Know"



11. Grand Sun - The Plastic People Of The Universe

A ouvir: "Go Home"


10. Ninaz - Bates Forte Cá Dentro

A ouvir: "Doentinho"



9. Sequin - Born Backwards

A ouvir: "Honey Bun"




8. Glockenwise - Plástico

A ouvir: "Plástico"



7. TIPO - Novas Ocupações

A ouvir: "Acção-Reacção"




6. April Marmara - New Home

A ouvir: "New Home"




5. PAUS - Madeira

Provavelmente, é o disco mais coeso da discografia dos PAUS, apesar de Mitra - editado em 2016 - ser também um trabalho muito coerente. A pujança que cada um dos elementos entrega aos seus instrumentos é altamente visível (ou, neste caso, audível) nesta música. 
A ouvir: "L123"



4. Conjunto Corona - Santa Rita Lifestyle

Conjunto Corona e o seu Homem do Robe estão de volta. Os homens do hip-hop que mitificam a história desse anti-herói que é Corona, apresentam aquele que é, na nossa opinião, o seu melhor álbum. Cada música tem capacidade de ser destacada - inclusive em grandes colunas numa bomba de gasolina do Norte de Portugal - mas é a faixa que dá nome ao álbum que continua a ressoar nestas cabeças.
A ouvir: "Santa Rita Lifestyle (com 4400 OG)"




3. Conan Osiris - Adoro Bolos

Adoro Bolos de Conan Osiris não podia deixar de figurar nesta lista. O título de "sensação do ano" não lhe caía nada mal, e tudo o que é necessário dizer sobre Conan e sobre este álbum, que fala sobre muito mais do que doces e pastelaria diversa, já foi dito. "Borrego" é o derradeiro hino deste fenómeno que atravessa fronteiras.
A ouvir: "Borrego"



2. Filipe Sambado - Filipe Sambado & Os Acompanhantes de Luxo

Toda a capacidade de escrever músicas que soam simples, sobre o dia a dia da vida normal, mas com um arranjo engraçado. Tudo o que o anterior álbum Vida Salgada tinha, mas com uma produção melhor conseguida e com músicas com ainda melhores punchlines. Melhor ainda, é quando esta vida é feita com este tipo de "acompanhantes de luxo".
A ouvir: "Alargar o Passo"





1. David Bruno - O Último Tango em Mafamude

David Bruno, cérebro musical do Conjunto Corona, teve um ano duplamente interessante. O Último Tango em Mafamude é uma viagem pela sua odisseia nostálgica, numa mistura de sons e paisagens entre o hip-hop que é conhecidamente seu, mas também os dedilhares românticos em atmosferas lo-fi. A capacidade de juntar estes mundos, mantendo um verdadeiro bom gosto, por aqui espanta. Por isso mesmo, é e foi ouvido inúmeras vezes neste ano, e assim, é o álbum português deste ano para a redação da Glass Journal.
A ouvir: "Monte da Virgem Platónico"



Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.